• RECAP DIA 3 - PIPEMASTERS

O Billabong Pipe Masters em Memória de Andy Irons continuou após quatro dias leigos consecutivos em quatro a cinco pés (1.2 - 1.8 metros) em Pipeline. O Billabong Pipe Masters, a parada final no World Tour de 2017 (WSL) Championship Tour (CT) e o terceiro evento da Vans Triple Crown of Surfing (VTCS), completou os três restantes da primeira rodada e procurará continuar concorrência nos próximos dias.

O tri campeão de WSL Mick Fanning (AUS) foi derrubado pela superestrela brasileira Italo Ferreira (BRA) na última bateria da 1ª rodada. Fanning abriu a bateria com um 5.27 para a liderança, mas Ferreira veio recarregando com um 7.83 (de um possível 10) para contador. Em uma batalha das pontuações de back-up, Ferreira garantiu um 5.57 para uma vantagem de 2.10 pontos em Fanning. 2017. O novato do CT Frederico Morais (PRT) caiu para o terceiro lugar no calor depois de apenas postar dois passeios de 4 pontos. Morais e Fanning serão relegados para a eliminação do Round 2, onde enfrentarão Kanoa Igarashi (EUA) e Bede Durbidge (AUS), respectivamente.

Quando a competição for retomada, o 2014 WSL Champion Medina e 2014 Pipe Master Wilson precisarão lutar contra a eliminação no Round 2 para manter suas conquistas do título mundial vivas.

Medina será o primeiro na 2ª rodada contra o vencedor do Pipe Invitational Dusty Payne (HAW) e lutará para manter a disputa por um segundo título mundial. Ambos os atletas se destacam em ondas que proporcionam oportunidades aéreas e dada a previsão e o show aéreo de hoje, os fãs podem esperar ver um confronto apertado entre Medina e Payne, ex-concorrente de CT e spoiler local.