• Início do Billabong Pro Tahiti 2015 é adiado

Taj Burrow também chega com a experiência de muitas temporadas em Teahupoo. Foto: Pat Stacy / Billabong.

O Billabong Pro Tahiti 2015 foi adiado logo no primeiro dia da janela de espera, devido às ondas pequenas e inconsistentes em Teahupoo. A prova é válida como sétima etapa do Circuito Mundial de Surfe, o Samsung Galaxy World Surf League (WSL) Championship Tour (CT). As previsões indicam que um bom swell está a caminho e existe grande probabilidade da competição começar amanhã.

"As condições estão realmente fracas hoje lá fora. O mar está sem força, nem tamanho", explicou Kieren Perrow, comissário da WSL. "O campeonato foi cancelado por hoje, mas estaremos de volta amanhã. Estamos esperando um swell que deve entrar e crescer gradativamente na parte da tarde e durante a madrugada. Esperamos acordar com boas ondas amanhã de manhã".
Assim que o evento começar, o onze vezes campeão mundial Kelly Slater cai na água logo na primeira bateria do dia, para enfrentar o potiguar Jasdon André e o norte-americano Brett Simpson.

Palco de batalhas históricas, Teahupoo é conhecida como uma das bancadas mais temidas do planeta e foi lá que no ano passado o brasileiro Gabriel Medina conquistou uma importante vitória sobre o mito Kelly Slater na final. O título nesta etapa foi fundamental em sua corrida pelo tão sonhado e inédito título mundial brasileiro, além de provar ao mundo sua habilidade e consistência em ondas de peso e consequência.

A contagem regressiva para o Billabong Pro Tahiti 2015 já começou e é justamente nesta bancada que os melhores surfistas do mundo estarão reunidos entre os dias 14 e 25 de agosto, para disputar um dos títulos mais cobiçados do Circuito Mundial. Fiquem ligados!

Uma nova chamada acontece neste sábado (15/08) às 14:30 (horário de Brasília). Para acompanhar ao vivo, clique aqui.

Primeira fase do Billabong Pro Tahiti 2015

1: Kelly Slater (EUA), Jadson André (BRA), Brett Simpson (EUA)
2: Owen Wright (AUS), Adrian Buchan (AUS), C.J. Hobgood (EUA)
3: Filipe Toledo (BRA), Keanu Asing (HAW), Aritz Aranburu (ESP)
4: Julian Wilson (AUS), Sebastian Zietz (HAW), Garrett Parkes (AUS)
5: Mick Fanning (AUS), Adam Melling (AUS) e Taumata Puhetini (TAH)
6: Adriano de Souza (BRA), Michel Bourez (PLF) e Bruno Santos (BRA)
7: Nat Young (EUA), Kai Otton (AUS), Dusty Payne (HAW)
8: Taj Burrow (AUS), Joel Parkinson (AUS), Glenn Hall (IRL)
9: Josh Kerr (AUS), Matt Wilkinson (AUS), Kolohe Andino (EUA)
10: Italo Ferreira (BRA), Gabriel Medina (BRA), Ricardo Christie (NZL)
11: Bede Durbidge (AUS), John John Florence (HAW), Fredrick Patacchia (HAW)
12: Jeremy Flores (FRA), Wiggolly Dantas (BRA), Miguel Pupo (BRA)

Ricardo dos Santos será eternamente lembrado por suas performances destemidas em Teahupoo. Foto: Duncan / Billabong.

Campeões do Billabong Pro Tahiti

2014: Gabriel Medina (BRA)
2013: Adrian Buchan (AUS)
2012: Mick Fanning (AUS)
2011: Kelly Slater (USA)
2010: Andy Irons (HAW)
2009: Bobby Martinez (USA)
2008: Bruno Santos (BRA)
2007: Damien Hobgood (USA)
2006: Bobby Martinez (USA)
2005: Kelly Slater (USA)
2004: C.J. Hobgood (USA)
2003: Kelly Slater (USA)
2002: Andy Irons (HAW)
2001: Cory Lopez (USA)
2000: Kelly Slater (USA)
1999: Mark Occhilupo (AUS)