• Derek Rabelo promove seu filme pela Europa

Derek Rabelo, surfista capixaba que nasceu sem a visão, acaba de voltar de uma turnê pela pela Europa, onde visitou nove países para promover seu filme “Além da Visão” (Beyond Sight), um documentário que retrata sua trajetória no surf e a experiência de surfar ao lado de grandes nomes do esporte pelo mundo afora, como Kelly Slater e Joel Parkinson.

"Foi um prazer imenso, me senti muito abençoado por ter a oportunidade de estar na Europa fazendo o tour do meu filme. Cada país que passei tem um povo e uma cultura diferentes. Foi sensacional estar em contato com todas essas pessoas. Me deixou mais feliz ainda perceber que todo mundo gostou do filme e se empolgou com a história. Recebi muitos elogios", conta Derek Rabelo.

O filme contou com sessões de lançamento em nove países: Portugal, França, Alemanha, Holanda, Suíça, Inglaterra, País de Gales, Espanha e País Basco. Em todos a reação do público foi surpreendente e o garoto de 22 anos acumula novos fãs e amigos por onde passa.

"Além de promover o filme, também tive a oportunidade de surfar em vários lugares por lá, como França, Espanha e Portugal. O que mais me marcou e me deixou entusiasmado foi surfar em Nazaré, no Shore Break. Não estava muito grande, mas tinha ondas muito boas e eu era a única pessoa surfando de prancha em meio a vários bodyboarders, como meu treinador Magno Passos. A água é muito gelada, mas mesmo assim acabei surfando só de boardshort e foi muito maneiro, peguei altas ondas. Me surpreendeu o peso e a força das ondas de lá", revela Derek Rabelo.

Derek Rabelo bota pra baixo nas ondas de Nazaré, Portugal. Foto: Bruno Lemos.

Aos 17 anos, ele embarcou em uma jornada de três temporadas seguidas ao North Shore, em Oahu, Hawaii, um dos destinos de surf mais perigosos do mundo, mesmo para atletas profissionais renomados. Sua atitude, habilidade e coragem deixaram todos espantados.

“Eu nado, surfo, ando de skate e bicicleta. Com Deus, tudo é possível", explica o atleta que nunca deixou nenhuma limitação o definir. Mas somente surfar não era suficiente para ele que queria cair em Pipeline, um dos picos mais perigosos do mundo. “Consigo ver tudo o que vocês veem, só que de outras formas.”

Após conhecer o trabalho do diretor, Bruno Lemos - que já estava desenvolvendo um longa-metragem em que Derek era o protagonista -, o surfista e produtor Bryan Jenning se ofereceu para produzir "Além da Visão", que retrataria a jornada de Derek na busca de surfar um tubo em Pipeline. O carioca e o norte-americano se uniram para contar essa incrível história da melhor forma possível.

Com quase um ano de filmagens no Hawaii, Califórnia (EUA) e Brasil, o filme conta com a participação de surfistas como Makua Rothman, Kelly Slater, CJ Hobgood, Damien Hobgood, Laird Hamilton, Tom Curren, Derek Ho, Lakey Peterson e Coco Ho. O documentário é uma produção da Walking On Water Films e S4J Hawaii Productions, duas organizações sem fins lucrativos.

Derek Rabelo faz parte da equipe Billabong e atua como embaixador da marca ao redor do mundo.

Derek Rabelo experimenta as ondas geladas do Rio Eisbach, Alemanha. Foto: Bruno Lemos.

Sobre Derek Rabelo - Nascido em 1992, na cidade de Guarapari (ES), recebeu de seu pai, Ernesto Rabelo, o nome em homenagem a Derek Ho, primeiro havaiano campeão mundial de surfe. O garoto herdou o DNA dos surfistas da família Rabelo, já que seu pai e seus tios também pegam onda.

Médicos constataram que Derek nasceu cego e portador de Glaucoma Congênito, uma doença rara que atinge os olhos. Mesmo assim, sua família sempre acreditou que ele seria capaz de fazer qualquer coisa. Aos 2 anos, deram ao menino uma prancha de bodyboard e a praia virou seu quintal.

Derek cresceu e a brincadeira ficou séria. Resolveu aprender a surfar. Aos 17 anos, entrou na escola de surfe de Praia do Morro, em Guarapari (ES).

No começo, todos apoiavam a iniciativa, mas com o passar do tempo acharam arriscado para Fabio Maru (seu professor) ensinar um cego a surfar. Maru não deu ouvidos e continuou a missão. O professor estava certo. Em apenas três meses de aula, Derek já era notícia nos jornais e na TV local.

Derek foi convidado para ir ao Hawaii. Ele não queria apenas conhecer o lugar, sonhava em surfar Pipeline. "Surfar lá foi difícil, mas eu não tive medo. Minha fé é maior do que meu medo", diz Derek Rabelo.

Ele ganhou as páginas dos jornais e foi protagonista de matérias na televisão estrangeira. Conquistou carinho e simpatia dos moradores locais e grandes fãs, como Kelly Slater e Mick Fanning. Sua história rodou o mundo.

Derek despertou o interesse de Bruno Lemos (fotógrafo e cinegrafista brasileiro que mora no Hawaii) e foi convidado para participar do documentário “Além da Visão” ("Beyond Sight"), realizado em parceria com Luís Werneck e lançado recentemente.

Além de surfar, o atleta anda de bicicleta, já saltou de paraquedas, pratica e compete Skate Downhill e fez tow-in com Carlos Burle. A vida de Derek é exemplo de superação. Hoje ele participa de eventos e palestras motivacionais.